Infertilidade Masculina

A causa da demora em iniciar uma gravidez também pode ser devido à infertilidade masculina, já que o homem é tão responsável quanto à mulher na hora da concepção. No entanto, a infertilidade masculina causas são várias e apenas exames médicos podem mostrar qual é o problema. Por isso, depois de um ano de tentativas para engravidar sem resultados, o casal deve buscar médicos especialistas para saber o que está acontecendo.

Um dos exames que se faz para saber o motivo da infertilidade masculina é o espermograma, que vai mostrar possíveis alterações no sêmen. É comum que para fazer esse exame o homem esteja sem transar há três dias e que o sêmen ejaculado por masturbação seja coletado na manhã do quarto dia. Serão avaliadas as característica dos espermatozoides, como pH, volume, concentração,viscosidade, tempo de liquefação, mobilidade, morfologia e resistência, bem como a presença de infecções (devido a leucócitos, bactérias, fungos ou protozoários)e de auto anticorpos.

O tratamento para infertilidade masculina vai depender da situação. O exame pode mostrar que a infertilidade masculina se dá em decorrência de causas genéticas, sendo que elas são as principais, ou devido a infecções genitais, consumo de álcool, tabaco, drogas, exposição a tóxicos (ambientais, profissionais, alimentares), além de sedentarismo, sobreaquecimento, ou mesmo, medicamentos. Cada característica dos espermatozoides alterada pode indicar um problema no organismo do homem, no caso do volume ser menos de 2 a 5 ml, quer dizer que a quantidade deles está baixa, o que diminuem as chances de fertilização do óvulo.

Já se o pH estiver ácido indica infecção pelo bacilo da tuberculose ou ausência congénita dos canais excretores. Mas se o que aumentou foi aviscosidade ou o tempo de liquefação, a questão pode ser genética. A baixa concentração e mobilidade também podem estar ligadas à dificuldade de iniciar uma gravidez, sendo que alguns homens até sofrem de ausência de espermatozoides no sêmen. O mesmo pode acontecer com a mobilidade.

Problemas associados à infertilidade masculina

Um homem pode ter infertilidade por causa do que se chama criptorquidia, que ocorre quando os testículos não descem para o escroto, permanecendo na região abdominal ou no canal inguinal. Em alguns casos, é possível operar, mas ainda quando se é criança e, no caso dos testículos não existirem, se realiza um tratamento hormonal virilizante. Outros problemas que aparecem quando criança são a anorquidia, diminuição do volume testicular, atraso de crescimento ou das características sexuais.

Para tanto, pode-se tratar com testosterona e a estimulação da produção de espermatozoides. Porém, se não forem feitas no tempo certo e com profissionais especializados, o resultados podem não ser eficientes. Homens que operam a próstata podem ter problemas ao expelir o sêmen, refluindo para a bexiga, que pode ser tratado com fármacos. Porém, para ocorrer uma gestação, seria necessário recolher os espermatozoides da urina e fazer uma inseminação artificial. Há também a anejaculação, quando não existe a ejaculação e têm muitas causas, como lesões por causa de quedas sérias e doenças que obstruem os vasos sanguíneos, como a diabetes e cardiovasculares, ou mesmo, pode ter origem psíquica.

Os homens podem sofrer de infertilidade por causa da obstrução ou ausência de canais genitais excretores, a origem pode ser genética ou resultado de doenças, entre elas, tuberculose, sífilis, gonorreia, clamidea, micoplasma, micoses, HPV ou herpes genital. Por outro lado, cerca de 10% dos casos de infertilidade são desconhecidos, porque mesmo com todo o sistema genital sem problemas, o homem é infértil. Também podem ocorrer anomalias moleculares dos espermatozoides, para os quais não existem testes de detecção. Lesões do escroto e tumores são outros motivos de infertilidade, bem como anomalias anatómicas, entre elas, alterações do tamanho e forma do pénis ou dos testículos, entre outras.

Deixe um Comentário

Nome (Obrigatório)

Email (Obrigatório - não será publicado)

Website

Message (Obrigatório)


Todos os direitos reservados Copyright © EuQueroEngravidar.com.br .