Infertilidade

A infertilidade ataca muitos casais, sendo que tanto homens como mulheres podem ter problemas de fertilidade e não conseguirem iniciar uma gestação. O que pode ocorrer é uma série de situações, que deverão ser diagnosticadas por médicos especializados. Depois de exames que tanto o homem como a mulher deve se submeter, é possível iniciar tratamentos para resolver a questão, sendo que outros casos são resolvidos apenas com cirurgia. Há também diagnósticos que mostram a inviabilidade de conceber, sendo que uma alternativa são os métodos de reprodução assistida, bem como a adoção de uma criança.

Além de doenças no sistema reprodutivo, a infertilidade pode ser o resultado de fatores naturais do organismo, como a idade. Estudos apontam que aos 35 anos, a fertilidade feminina é metade da que era aos 25 anos. Já aos 40, a fertilidade diminuiu para a metade do que era aos 35. Dessa forma, somente um ano pode fazer uma grande diferença na hora de decidir ter um filho, ainda mais quando você estiver em torno dos 30 anos, pois estará entrando em um período de maior infertilidade.

Porém, se você e seu parceiro estão tentando ter um filho e não conseguem isso não quer dizer necessariamente que um dos dois tem infertilidade, ainda mais se as tentativas iniciaram há menos de um ano, com relações frequentes, preferencialmente, em dias alternados, sem o uso de métodos contraceptivos. Pesquisas mostram que a maioria dos casais, em torno de 92%, inicia uma gestação em dois anos de tentativas, ou seja, mesmo em condições saudáveis é normal a demora em engravidar, já que em cada ciclo menstrual as chances de engravidar é de apenas 20%.

Por outro lado, 23% das mulheres com mais de 38 não conseguem engravidar mesmo com três anos de sexo frequente e sem proteção. Assim, se você já ultrapassou os 35 anos, o melhor a fazer é procurar um especialistas no assunto em breve, pois esperar para engravidar pode diminuir ainda mais as suas chances de realizar o sonho de ser mãe.

Como funciona a infertilidade em decorrência da idade

Quando a mulher se torna infértil por causa da idade, isso é motivado por diferentes causas orgânicas. Assim como é normal a saúde das pessoas declinarem, o mesmo acontece com a sua fertilidade, ao longo dos anos. Com o tempo, a reserva ovarianadiminui, isso quer dizer que o número de folículos que restam nos ovários é menor. Os folículos são formando quando a mulher é um feto no útero da sua mãe e ela nasce com um determinado número deles, sendo que a cada ciclo menstrual um é expelido (na menstruação).

Outro fator que favorece a infertilidade feminina é a proximidade com a menopausa, porque isso significa que o seu ciclo menstrual pode se tornar irregulare mais curto, desfavorecendo a fertilização. O revestimento do útero também se modifica com o passar dos anos, assim, o endométrio vai se tornando cada vez mais fino e menos apropriado para a implantação do embrião. A secreção vaginalé outro aspecto que muda conforme a idade avança, sendo que o muco presente na vagina e no colo do útero fica menos líquido, o que é hostil aos espermatozoides.

Já doenças que causam infertilidade feminina, se não forem tratadas a tempo, podem afetar cada vez mais o sistema reprodutivo, danificando os órgãos reprodutivos. Algumas delas são a síndrome dos ovários policísticos, a clamídia e a endometriose. Determinadas doenças crônicas que a mulher pode ter ao longo de sua vida também podem afetar a sua fertilidade. Além disso, com o envelhecimento elas se agravam e podem tornar uma mulher infértil. O mesmo pode-se dizer da obesidade, que entre outros problemas, pode causar problemas de fertilidade.

Deixe um Comentário

Nome (Obrigatório)

Email (Obrigatório - não será publicado)

Website

Message (Obrigatório)


Todos os direitos reservados Copyright © EuQueroEngravidar.com.br .