Engravide Naturalmente Agora Mesmo

Sejá muito bem vindo a um dos maiores portais de gravidez do Brasil .

Se você está tendo dificuldades para engravidar você está no lugar certo.

Abaixo conto minha comovente história de como consegui superar todos os obstáculos para conceber meus filhos de forma natural, clique no botão LEIA MAIS e leia com atenção, tenho certeza que poderei te ajudar também.

Comprar [slider_button_orange url=”/livro-milagres-acontecem/#quero-engravidar”]Leia Mais[/slider_button_orange]


Featured Image


Quero Engravidar

Dez anos atrás eu achava que era infértil.Agora aqui estou eu, muitos anos depois com meus dois belos bebês. Eles foram ambos concebidos naturalmente após anos de tentativa.
Foi assim que aconteceu...

Infertilidade

 

HISTÓRIAS DE SUCESSOS

Olá Carol,

Eu só queria lhe agradecer por escrever a sua história. A informação que você deu foi muito boa e faz muito sentido. Comecei a seguir o seu programa e já me sinto ótima. Vou definitivamente recomendar seu e-book para os outros. Obrigada novamente por compartilhar sua história.

Sinceramente, Carrie.

 

Muito obrigada por seu e-book. Foi muito bom encontrar todas essas informações resumidas de forma clara. Você me enviou o PDF em 08 de março. Hoje é 14 de abril e eu acabei de pegar o resultado do meu teste de gravidez: estou grávida! Parece irreal… Obrigada por tudo.

Heleen K.

 

Eu queria lhe escrever para deixá-la saber que meu marido e eu acabamos de ter a notícia de que estou grávida! Após 3 anos, não podemos sequer começar a dizer o quanto estamos animados. Nos sentimos tão abençoados! Nós nunca pensamos que iria acontecer. Acabamos de concluir nossa papelada para a adoção no mês passado e aqui estou eu, grávida! Tenho 42 anos agora e isso me preocupa um pouco, mas estamos confiantes de que se mantivermos nossa boa alimentação e estado de espírito, seremos abençoados com uma criança saudável. Obrigado novamente por toda a sua compreensão. Ela nos ajudou tremendamente.

Atenciosamente,

Kim M.

 

Depois de 2 anos de tentativas e falhas, descobri apenas ontem que estou grávida de aproximadamente quatro semanas. Eu sei que ainda é cedo, mas estou muito animada e completamente emocionada. Obrigada por toda a sua ajuda.

Helen.

 

Prezada Carol,

Eu escrevi este e-mail para que você saiba que o seu e-book me ajudou muito. Eu sei bastante sobre infertilidade, mas ainda assim aprendi algumas coisas novas. Eu gostaria de lhe agradecer muito por seu e-book. Estou tão feliz por ter resolvido comprá-lo. Eu apenas segui o que você escreveu e tentei apenas uma vez, e agora eu posso compartilhar a boa notícia: estou grávida! Esta é a minha história. Meu marido e eu já tínhamos tentado conceber por dois anos sem sucesso. Tentamos três inseminações artificiais sem êxito. Rezei muito. Eu vou fazer 43 anos em outubro próximo e este é o meu primeiro filho. A previsão de nascimento dele é 24 novembro de 2006.

Por favor, ore por mim para que tudo corra bem. Obrigada. Deus abençoe você, Carol. E sim, milagres acontecem. Atenciosamente,

Rita C.

 

Amiga Carol,

No início do ano passado, eu pedi sua ajuda uma vez e você muito gentilmente me enviou o seu livro. Ele fez a diferença em minha vida e eu estou com 20 semanas de gravidez, muito obrigada! Eu estive em muitos dos antigos fóruns de bate-papo que eu costumava ir, tentando encontrar uma resposta para engravidar, e eu tenho promovido o seu livro para todo mundo. Eu realmente espero que você tenha muitas consultas e vendas. Obrigada novamente por sua bondade, ela não será esquecida.

Sinceramente,

Angie Prezada

 

 

Prezado amigo(a),

Meu nome é Carol Andrews e eu gostaria de compartilhar minha história com você.

É uma história de desespero, esperança, perda, tristeza, saudade e, finalmente, alegria – não um, mas dois milagres! Dez anos atrás, meu marido Lindsay e eu decidimos que era "hora de começar uma família". Nós estávamos casados havia cinco anos, tínhamos economizado e comprado nossa primeira casa. Nós dois tínhamos empregos estáveis. Eu tinha 34 anos e meu marido, 27. Nós estávamos prontos. Tomamos a decisão em nosso quinto aniversário de casamento, em 9 de setembro de 1994. Pensávamos que seria fácil. Afinal, tínhamos nos esforçado tanto para que eu não ficasse grávida durante os primeiros cinco anos do nosso casamento.

ficar gravida

Nós tentamos todos os diferentes métodos contraceptivos, uma vez que a pílula contraceptiva não pareceu funcionar comigo. Nós dois fizemos check-ups físicos. Nosso clínico geral disse que estávamos em boa saúde e, apesar do fato de eu ter deixado minha carreira um pouco tarde, não deveria ter problemas para engravidar. Eu (arrogantemente) disse ao meu médico que eu era muito jovem aos 34 anos e então começamos com entusiasmo a nossa missão.Nós dois estávamos convencidos de que isso iria acontecer rapidamente. Afinal, éramos ambos pessoas muito bem decididas em atingir uma meta. Qualquer coisa que nós nos propusemos como meta antes, sempre alcançamos.

Então, ficamos intrigados quando três meses se passaram e minha menstruação veio mais uma vez. Dissemos a nós mesmos que iria acontecer quando chegasse o tempo certo e continuamos a sério com nossos esforços.

Foi só mais tarde (anos depois) que eu descobri que muitas das coisas que estávamos fazendo nesta fase, estavam efetivamente nos impedindo de conceber e carregar uma criança.

Após 12 meses de frustração, a situação estava começando a afetar o nosso relacionamento. Eu estava mal-humorada e facilmente irritável. Eu parecia estar frequentemente à beira de lágrimas, especialmente se eu estivesse fazendo compras e visse uma mulher grávida ou um dos infinitos carrinhos de bebê com um lindo bebê ou uma criança a bordo. O que eu estava fazendo de errado? Como é que todas essas outras mulheres conseguiam e eu não? O que havia de errado comigo?

Eu comecei a me sentir culpada por deixar para engravidar tão tarde. Me senti culpada por não ter cuidado do meu corpo melhor - talvez se eu nunca tivesse bebido álcool? Talvez eu devesse deixar o meu emprego? E comecei a culpar o Lindsay, meu marido. E se ele fosse estéril? Iria abalar sua masculinidade se ele descobrisse? E ele até mesmo faria o teste?

Eventualmente, nós temos todos esses sentimentos de ressentimento e medo em aberto. Nós tivemos uma longa conversa aberta de coração e decidimos que precisávamos obter algumas respostas. Eu andava adiando a ida ao ginecologista por medo do que me seria dito. Eu tinha uma boa amiga que tinha passado por uma fertilização in vitro (sem sucesso) e pensar em passar pela mesma coisa me apavorava. Então, Lindsay teve que testar seu esperma e eu fiz um ultrassom e alguns exames de sangue para verificar se tinha endometriose ou algum outro problema físico, hormonal ou outras causas fisiológicas. Os resultados, quando chegaram, foram mais frustrantes do que nunca: não havia qualquer razão física, fisiológica ou bioquímica que nos impedisse de conceber.

ficar gravida
ficar gravida

 

Nós, como muitos casais, tínhamos o que era chamado de "infertilidade não específica". Em outras palavras, os especialistas não tinham nenhum indício. Eles sugeriram para nós não nos estressarmos e fizéssemos mais sexo. Nós tiramos uma semana de folga e fomos para a praia. Mas o sexo já não era muito divertido. Era algo que fazíamos na hora certa, porque o meu gráfico de temperatura dizia que eu estava ovulando.

Depois disso, nós falávamos calmamente sobre nossas esperanças que desapareciam. Nós tínhamos tentado ver pelo lado bom - pense em todo o dinheiro que iríamos economizar por não ter filhos. Seríamos capazes de viajar e ir a restaurantes sempre que quiséssemos e comprar um carro esporte. A quem estávamos enganando?

Muitas vezes depois do sexo, nós apenas deitávamos juntos e chorávamos até adormecer. Após dois anos de esperança se tornando frustração, se tornando tristeza e um vazio, eu sabia que tinha que fazer alguma coisa ou ficaria louca. Então comecei a pesquisar.

Eu li cada livro, cada revista, cada artigo que pudesse chegar às minhas mãos. Eu li sobre medicina ocidental e terapias alternativas. Conversei com as pessoas sobre novos tratamentos e encontrei o tanto quanto pude ensaios clínicos que estavam acontecendo ao redor do mundo. Eu estava obcecada.

Eu iria superar esse “problema” se ele estivesse me matando. Eu aplicava tudo o que aprendi o tanto quanto eu podia. Eu estava tomando 14 diferentes vitaminas e minerais diariamente. Meu marido também estava, pois eu tinha descoberto que o cuidado preconcepção para o pai em potencial é tão importante quanto para a futura mãe. Nós estávamos nos exercitando durante uma hora e meia todos os dias. Estávamos comendo apenas alimentos orgânicos, bebendo dois litros de água filtrada todos os dias, comendo carne apenas ocasionalmente (e depois somente orgânica) e evitando qualquer coisa tóxica como álcool ou fumaça de cigarro.

Fizemos testes para os níveis de chumbo em nossos corpos (nós moramos perto de uma estrada movimentada, em uma casa de 100 anos que está cheia de tinta à base de chumbo). Eu tive meus enchimentos de amálgama substituídos por cerâmica para ter certeza de que eu não tinha sido afetada pelo mercúrio. Nós até mesmo levamos em conta a fase da lua, uma vez que eu descobri algo chamado "ciclo lunar biorrítmico", cuja investigação parece mostrar que uma mulher está em seu momento mais fértil durante seu pico lunar, ou seja, na mesma fase em que a lua estava no seu nascimento!Meu marido compreensivo levou tudo isso em seu ritmo. Na verdade eu acho que se eu tivesse dito a ele que seria mais provável que concebêssemos, se tivéssemos relações sexuais debaixo d'água, na maré alta, no solstício de inverno, ele teria feito isso. Nós estávamos mesmo desesperados.

ficar gravida

 

Em 27 de maio de 1999, quatro anos, oito meses e 18 dias após termos tomado a primeira decisão de tentar ter filhos, eu fiquei grávida. Minhas mãos tremiam quando peguei a faixa de plástico um pouco molhada de urina com suas DUAS faixas (DUAS FAIXAS!!) para mostrar ao meu marido. Rimos. Choramos. Calculamos datas para o nascimento (em 28 de fevereiro de 2000, teríamos um “bebê saltitante”?). Nós planejamos. Nós ríamos como adolescentes, cada vez que olhávamos um para o outro. Nós tínhamos FEITO ISSO!

Sabíamos que era cedo, mas tínhamos que compartilhar a boa notícia com alguém! Quando já tinha sete semanas, nós contamos aos nossos pais. Eles ficaram em êxtase. Quando estava com nove semanas, nos movimentamos para fazer a primeira ultrassonografia, animados com a perspectiva de "ver" nosso bebê pela primeira vez.

Já tínhamos escolhido um nome. "Eden" era para ser o nosso primogênito. Meu ginecologista era um especialista altamente experiente com seus quase 60 anos. Como parte da minha pesquisa, eu rastreei o “melhor do ramo”. Ele olhou para o ultrassom e depois olhou para nós e disse: "Isso não está parecendo bom".

Meu coração afundou-se. Eu podia sentir um nó no estômago e as lágrimas começando. Meu marido apertou fortemente minha mão. "O batimento cardíaco está lento e irregular. Raramente um feto que está nesta condição passa de nove semanas". Eram palavras nas quais eu simplesmente não queria acreditar. Eu me segurei para a próxima frase: "Às vezes ele se recupera e você pode ter uma criança saudável, mas vocês não devem ter grandes esperanças". Mas a frase seguinte foi a que me dilacerou: "Além disso, você tem 39 anos. As chances de se ter um filho na sua idade são muito escassas. Você deveria ter começado na casa dos 20 anos".Especialista ele poderia ser, mas o tato e a forma de falar com um paciente, obviamente, não eram habilidades que ele aperfeiçoou.

Eu tirei duas semanas de folga no trabalho e fiquei na cama. Isso só me deu mais tempo para pensar e me preocupar. No final da nona semana da minha gravidez, eu comecei a sangrar. Eu não queria acreditar. Chamei meu marido, que veio direto para casa. Fomos direto para a clínica do médico. Com uma atitude do tipo "eu avisei", ele realizou outro ultrassom e então marcou para mim uma D&C (dilatação e curetagem, onde eles raspam os "produtos de concepção", sob anestesia) no dia seguinte. Eu me senti violada. Eden estava morto.

Pedimos mais tarde se poderíamos pelo menos ver o nosso bebê (nosso Eden). Foi-nos dito pelo cirurgião que "se parece com um pedaço de espaguete. Não há nada para ver". Estávamos estarrecidos. Eu conversei com uma amiga minha, especialista em fecundidade feminina, que me deu um pequeno vislumbre de esperança. Ela apontou que pelo menos agora eu sabia que podia engravidar. Tinha levado mais de quatro anos e meio, mas eu tinha superado um grande obstáculo. A próxima barreira seria segurar o feto por nove meses. Ela disse que, com todos os nossos esforços preconcepção, nós tínhamos pelo menos feito um progresso. Ela disse que muitas mulheres que tiveram um aborto ficaram grávidas alegremente quando a data em que seria o nascimento do feto abortado chegou. Eu achei difícil de acreditar, mas esperava que sim. Foi pouco depois disso que eu descobri uma parte muito importante da pesquisa.

Acredito agora que esta foi a chave que finalmente significava que eu poderia engravidar e carregar um bebê até o nascimento. Creio que foi a principal razão de agora termos duas felizes, saudáveis, enérgicas, desafiadoras e maravilhosas crianças. E eu sou tão grata por tê-la descoberto. Porque uma vez que eu descobri esta peça chave de informação e a apliquei, tudo se encaixou...

ficar gravida Em 24 de setembro de 1999 nossa filha Lauren foi concebida. Ela nasceu em 04 de julho de 2000. Ela tinha saudáveis 4,56kg e mamava vorazmente. Uma parte da pesquisa que eu tinha feito dizia que os bebês que nasceram com o uso do método que eu descobri eram muitas vezes mais saudáveis e amadureciam mais rápido que outros bebês. Isto foi confirmado por nós quando a Lauren começou a dormir durante toda a noite com 2 semanas de idade. Ela disse sua primeira palavra com 5 meses ("Olá" – nós registramos isso em vídeo). E aos três anos, ela já estava lendo e escrevendo com a capacidade de uma criança de seis anos.

Quando a Lauren tinha 17 meses de vida, decidimos que era hora de tentar nosso segundo filho.Eu não queria deixar passar muito mais tempo, já que naquele momento eu tinha 41 anos e sabia que os riscos de ter um bebê com Síndrome de Down ou algum outro defeito congênito, eram muito maiores conforme eu ficava mais velha.

Em 05 de janeiro de 2002, nosso segundo filho Jacob foi concebido. Desta vez, levou apenas um mês desde o momento em que tomamos a decisão de tentar, até quando eu realmente concebi. Ele nasceu em 24 de setembro de 2002. Com 4,20kg, ele era um pouco menor do que sua irmã, mas também saudável, faminto e alerta. Aos nove meses de idade ele estava se comunicando conosco com uma linguagem de sinais para surdos (uma amiga nossa lhe ensinou e ele adorou!). Como sua irmã, ele continuou a se desenvolver e a aprender muito rapidamente. ficar gravida

Então, qual foi o segredo que fez toda a diferença? Por que levou mais de quatro anos e meio para podermos conceber da primeira vez, somente para abortar? O que fizemos de tão diferente dessa vez, em que nossa primeira filha demorou apenas três meses para ser concebida e nosso segundo filho levou apenas um mês, quando eu tinha 41 anos? Bem, isso é o que você vai descobrir no livro que eu escrevi, "Milagres Acontecem".

 

MAIS HISTÓRIAS DE SUCESSO

 

Meu marido e eu só gostaríamos de enviar uma nota para lhe agradecer muito por seu livro. Temos tentado conceber um bebê há mais de dois anos e estava se tornando um pouco frustrante não ser capaz de engravidar. Nós finalmente nos deparamos com seu livro na internet e fiquei intrigada para descobrir seu segredo. Eu agora estou grávida de mais de três meses de nosso primeiro bebê e então sua teoria funcionou para nós no primeiro mês de tentativa.

Nós estamos tão, tão felizes e não podemos expressar o quanto somos gratos por termos encontrado o seu livro e ter-nos sido dada a orientação correta. Muito obrigada e eu espero que outros casais apaixonados sejam tão felizes como nós somos. Com os melhores desejos para você e sua família,

Emma e James.

 

Obrigada por sua valiosa informação. Eu tenho um filho de três e um de dois anos de idade e havia tentado engravidar de meu terceiro filho nos últimos dois anos, sem sucesso. Eu tenho 38 anos e segui pela rota da fertilidade sofrendo com todas as dificuldades emocionais e também físicas com remédios, em seguida injeções, três inseminações artificiais e o último golpe do médico: "Você deveria ser grata por ter os dois filhos que tem. Eu não acho que haverá mais".

Eu fui submetida a uma massagem terapêutica por semana no ano passado, com uma cerimônia de purificação no mês passado. Nós seguimos precisamente as diretrizes de como você ficou grávida e agora estou com 6 semanas e meia de gravidez, de nosso número "três".

Obrigado, obrigado, obrigado !!!!!

Linda L. Março de 2005

 

Obrigada por seu livro, que você tão gentilmente enviou em Dezembro. Após cinco anos de angústia e abortos múltiplos, estou alegremente grávida de nove semanas e contando, ansiosa! Eu tentei o seu "segredo" e funcionou da primeira vez, contra todas as probabilidades.

Com a ajuda de Deus eu devo ter meu segundo bebê no meu aniversário de 40 anos! Vamos esperar! Obrigada por compartilhar o seu segredo!

Atenciosamente,

Sra. M.H.

 

Março de 2006 (12 meses depois…) Tenho sido abençoada com um "saltitante" menino de quase 4kg e meio – agora com seis meses de idade. Estamos todos felizes e ainda não posso acreditar que tive tanta sorte aos 40 anos! Deus te abençoe e obrigada!

M.H.

Você está a um click de mudar sua vida Eu gastei tempo e dinheiro caçando essas informações e coloquei tudo junto em um e-book totalmente disponível para download. Dessa forma, você não tem que passar por todos os aborrecimentos e frustrações, como eu fiz. Está tudo aqui em um guia de fácil leitura. E você pode baixá-lo agora e lê-lo em poucos minutos.

Você terá meu método passo-a-passo para conceber naturalmente, sem nenhum remédio ou interferência externa. Mas não só isso, em breve você verá porque o segredo que eu descobri é de vital importância para a sua capacidade de conceber. Além disso, você verá como colocar o segredo em prática, para que você possa acompanhar e aplicá-lo e realmente obter os resultados que você merece (o seu próprio “pacotinho de alegria”).

Agora, eu sei o que você provavelmente está pensando: "para ter acesso a essa informação vai custar milhares de reais ". Afinal, isso me custou milhares de reais e levei centenas de horas para descobrir este segredo.

Eu li 57 livros e mais de 85 artigos e publicações em minha pesquisa. Gastei mais de 700 horas lendo e analisando estudo por estudo. Eu passei anos aplicando o que eu aprendi. E então encontrei o segredo que fez toda a diferença.

Se você consultou médicos ou mesmo fez tratamentos de fertilização in vitro, então você sabe o quanto as pessoas estão cobrando, sem nenhuma garantia de que o que eles fazem vai lhe ajudar. Bem, a boa notícia é que eu não vou lhe cobrar milhares de reais pela informação. Eu nem mesmo vou lhe cobrar centenas de reais.

 

traicao

Experimente por 60 dias. Se você não estiver completamente satisfeita(o) então simplesmente peça pelo seu dinheiro de volta. Você receberá cada centavo... e ainda ficará com o guia.

 

Para engravidar eu escrevi em detalhes tudo o que fizemos no meu livro "Milagres Acontecem" e será seu. A apenas alguns minutos a partir de agora você poderá ler sobre (e aplicar) este segredo, porque "Milagres Acontecem" é um e-book. Isso significa que você pode pagar por ele on-line e fazer o download imediatamente.

Você pode literalmente ter o livro nas mãos em menos de cinco minutos. Veja como funciona a garantia: se você ler "Milagres Acontecem" e não se convencer de que irá ajudá-la, eu quero que você me deixe saber e vou lhe dar o seu dinheiro de volta, sem perguntas. Eu não posso ser mais justa do que isso.

 

Aproveite nossa promoção

Se você comprar até o dia

Ebook Milagres Acontecem - Concepção Natural

quero engravidar

De R$145,80

Por R$69,90

Utilizamos Bcash(do grupo Buscapé) como forma de pagamento.Você pode comprar com: boleto, cartão ou Paypal. Basta clicar abaixo e seguir os passos.

( Atenção: O material que você esta comprando é distribuido somente em formato digital (e-book) e fica disponível para download assim que o pagamento for confirmado pelo Hotmart. Não existe livro físico e nada é enviado para sua residência. Você recebe o livro digital no seu e-mail assim que o pagamento for confirmado. )

Para agilizar o processo, informe dados reais e válidos ao Hotmart. Informe os dados igual ao da operadora do cartão de crédito e um telefone de contato fixo. Não será revelado em nenhum local sobre sua compra. Zelamos pela Privacidade de nossas clientes.


Todos os direitos reservados Copyright © EuQueroEngravidar.com.br .